PESQUISE NA WEB

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Cabe na Mala - Col. Mico Maneco - Ana Maria Machado


Resenha: A Série Mico Maneco oferece às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo. Apresentando personagens bem brasileiras, inseridas em histórias curtas e imaginativas, estes livros fazem da alfabetização um prazer. São 20 livros, agrupados em 5 coleções, que acompanham o leitor à medida que vai apresentando maior domínio da leitura.

A Arara e o Guaraná - Col. Barquinho de Papel - Ana Maria Machado


Resenha: Era uma vez uma arara que gostava muito de guaraná. E resolveu esconder todos os guaranás da mata. Para sorte da bicharada, ela esqueceu onde os enterrou...

Gente Bem Diferente - Col. Camaleão - Ana Maria Machado


Resenha: Este livro conta as incríveis descobertas de dois irmãos sobre as identidades secretas e misteriosas das pessoas de sua família. Uma família muito especial, cheia de segredos. Ou uma família como todas as outras? Para saber, trate de ler. A história contada pelo Rodrigo. Os versinhos inventados pela Andréia. E, no fim, ainda tem mais. Adivinhe - se for capaz.

Uma Boa Cantoria - Col. Conta de Novo - Ana Maria Machado


Resenha: Era uma vez um rei que achava que entendia de tudo mais que os outros. Veja o que aconteceu com ele.

Amigos Secretos - Ana Maria Machado


Resenha: Um dos membros do "Clube da Árvore" (uma confraria de jovens que se encontram no alto de uma árvore para brincar e contar histórias) coloca um livro de Monteiro Lobato dentro do videocassete e, com isso, abre uma passagem que os liga ao mundo encantado do pai de Emília e Narizinho e de outros autores caros ao universo infanto-juvenil, como Cervantes, Mark Twain e a própria Ana Maria Machado.A turma vive inúmeras peripécias com personagens da literatura. E aprende que a literatura pode ser um instrumento para a compreensão da realidade

Mico Maneco - Ana Maria Machado


Resenha: A Série Mico Maneco oferece às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo. Apresentando personagens bem brasileiras, inseridas em histórias curtas e imaginativas, estes livros fazem da alfabetização um prazer. São 20 livros, agrupados em 5 coleções, que acompanham o leitor à medida que vai apresentando maior domínio da leitura.

O Rato Roeu a Roupa - Col. Mico Maneco 3 - Ana Maria Machado


Resenha: A Série Mico Maneco oferece às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo. Apresentando personagens bem brasileiras, inseridas em histórias curtas e imaginativas, estes livros fazem da alfabetização um prazer. São 20 livros, agrupados em 5 coleções, que acompanham o leitor à medida que vai apresentando maior domínio da leitura.

Cachinhos de Ouro - Col. Lê Pra Mim - Ana Maria Machado


Resenha: Será que o Patinho Feio é feio mesmo? E a Dona Baratinha você já ouviu falar dela? O que será que os ursos irão fazer com a menina dos Cachos Dourados quando ela resolve comer a comida deles e dormir em suas camas? Um livro que dá à criança a oportunidade de entrar em contato com as diversas dimensões das coisas de um jeito muito divertido.

Fome Danada - Col. Mico Maneco 2 - Ana Maria Machado


Resenha: A Série Mico Maneco oferece às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo. Apresentando personagens bem brasileiras, inseridas em histórias curtas e imaginativas, estes livros fazem da alfabetização um prazer. São 20 livros, agrupados em 5 coleções, que acompanham o leitor à medida que vai apresentando maior domínio da leitura.

No Barraco do Carrapato - Col. Mico Maneco 3 - Ana Maria Machado



Resenha: A Série Mico Maneco oferece às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo. Apresentando personagens bem brasileiras, inseridas em histórias curtas e imaginativas, estes livros fazem da alfabetização um prazer. São 20 livros, agrupados em 5 coleções, que acompanham o leitor à medida que vai apresentando maior domínio da leitura.

Era Uma Vez Um Tirano - Ana Maria Machado


Resenha: Era uma vez um país muito divertido que, por descuido e um pouco de preguiça, deixou-se dominar pelo Tirano. E tristemente assistiu e em silêncio obedeceu, enquanto ele desandava a dar ordens e a proibir tudo que na fosse obrigação e trabalho. Só porque ele era o mais forte.Era uma vez crianças que só queriam rir, brincar, se divertir - tudo o que havia sido proibido em seu país. Suas armas para desafiar o Tirano trazer de volta a alegria: um arco-íris no bolso, uma canção no corpo e uma chuvarada de estrelas.´Era uma vez um tirano´ é uma fábula de Ana Maria Machado que diverte e faz pensar.

Histórias à Brasileira - Vol. 2 - Ana Maria Machado


Resenha: Em 2002, a autora Ana Maria Machado lançou o primeiro volume de uma série de histórias "à brasileira" que pretendia reunir em livro. O projeto nasceu do desejo da autora de contar, com suas palavras, as histórias que havia escutado de seus pais e da avó, como ela explica na apresentação do livro: "Venho de uma família em que se contava muita história. Com livro ou sem livro. E os repertórios variavam muito, de acordo com o contador".Gerações de narradores anônimos ajudaram a construir as mais diferentes versões dessas histórias da cultura oral e do folclore brasileiro e universal. Para criar a sua própria, a escritora leu obras de estudiosos da cultura popular e pesquisou coletâneas de contos de tradições variadas. De uma mistura entre pesquisa, cotejo das diversas versões, memória pessoal e tradição, nasceu então o primeiro volume de "Histórias à Brasileira". Neste segundo volume, Ana Maria Machado traz mais dez histórias: três episódios envolvendo o personagem Pedro Malasartes - "Pedro Malasartes e o lamaçal colossal", "Pedro Malasartes e o surrão mágico", "Pedro Malasartes e a sopa de pedra" -, além de "Poltrona de piolho", "O boneco de piche", "Os figos da figueira", "O jabuti e o teiú", "O jabuti e o caipora", "A galinha ruiva" e "A vida do gigante". Nas ilustrações de Odilon Moraes, o ambiente brasileiro dos contos é recriado com liberdade, dando origem a uma nova versão, ilustrada, de cada história. Odilon é escritor, ilustrador e tradutor de literatura infantil.

Dorotéia a Centopéia - Col. Batutinha - Ana Maria Machado


Resenha: A solidariedade pode, muitas vezes, operar verdadeiros milagres. Assim que os amigos de Dorotéia percebem sua tristeza, tratam logo de ajudá-la a voltar a ser feliz. Para socorrer a amiga, eles entram em ação: montam um circo, preparam shows e peças teatrais.

Raul da Ferrugem Azul - Ana Maria Machado


Resenha: Raul estava mesmo intrigado com aquelas manchas azuis que se espalhavam pelo seu corpo.ora apareciam nos braços, e ele não conseguia fazê-las sumir, mesmo lavando com xampu, álcool e até detergente. Ora - que susto! - estavam no pescoço, nas pernas,na língua e até na garganta!De tanto pensar, Raul deduziu: ele, Raul, tinha ferrugem azul!O mistério tinha que ter uma explicação. Em busca das respostas, o menino descobre como a dificuldade de reagir às pequenas - e grandes - violências do cotidiano marcam nosso espírito e nosso corpo.Depois de mais de meio milhão de exemplares vendidos, vários prêmios e publicação no exterior.´Raul da ferrugem azul´ está de volta, para encantar novas gerações de leitores.

O Domador de Monstros - Col. Conta de Novo - Ana Maria Machado


Resenha: Conheça a história de Sérgio, um menino que às vezes tinha medo e às vezes era corajoso.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

História Meio ao Contrário - Ana Maria Machado


Resenha: "... E então eles se casaram, tiveram uma filha linda como um raio de sol e viveram felizes para sempre".É o fim da história? Não, é o começo. Mas não é por isso que a história é meio ao contrário, quer dizer, não é só por isso. Entre muitas risadas, você vai descobrir que "ser feliz para sempre" não é tão fácil assim e pode ser até meio chato. E que de nada adianta o poder do rei, a beleza da princesa, a coragem do príncipe... se não puderem fazer sua própria história. E por falar em história, esta já virou um clássico e uma das mais premiadas da literatura infanto-juvenil. Agora está de cara nova: projeto gráfico renovado e ilustrações de arrasar!

Quem Perde Ganha - Ana Maria Machado


Resenha: Neste livro há três histórias - "Fiapo de trapo", "A menina que vivia perdendo" e "O boto e a estrela" - escritas com humor, muita sensibilidade e um riquíssimo jogo de linguagem. Nelas, Ana Maria Machado enfatiza questões do tipo: de que nada se perde, de que tudo se transforma, que quem perde, na verdade, muitas vezes ganha e que a perda não é fim, pode ser, na verdade, um bom começo...Crescer, no caso de Lena, a menina da segunda história, implicava perder as roupas... Era uma vez uma menina que vivia perdendo, pelo menos era o que ela achava. (...) Às vezes a mãe resolvia vestir nela um vestido que Lena não punha há um tempão. Na hora de abotoar, já se sabe: - Não fecha mais. Como esta menina perde roupa. (...) Outras vezes era o sapato (...) - Mas não é possível... Tão novinha esta bota e ela já perdeu.

Ah, Cambaxirra, Se Eu Pudesse... - Col. Conta de Novo - Ana Maria Machado


Resenha: Este livro conta a história de cambaxirra, uma ave toda saltitante e alegre que estava fazendo um ninho na árvore de galho mais bonito da floresta.

Festa no Céu - Col. Lê Pra Mim - Ana Maria Machado


Resenha: O assunto em alta era a festa no céu, na qual só entrariam os animais que voassem. Os outros bichos ficaram revoltados, especialmente o jabuti. Ele não desistiu: foi de carona com a garça. Não tendo como voltar, entrou escondido na viola do urubu que, em pleno vôo, se livrou do peso do intruso. O jabuti se esborrachou nas pedras. Cada pedaço do casco foi colado pelos anjos. E não houve mais festa no céu.

Menino Poti - Col. Mico Maneco - Ana Maria Machado


Resenha: A Série Mico Maneco oferece às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo. Apresentando personagens bem brasileiras, inseridas em histórias curtas e imaginativas, estes livros fazem da alfabetização um prazer. São 20 livros, agrupados em 5 coleções, que acompanham o leitor à medida que vai apresentando maior domínio da leitura.

Bem do Seu Tamanho - Ana Maria Machado


Resenha: Em sua jornada, Helena encontra novos amigos e também descobre que tamanho é sempre uma questão de ponto de vista. Ou de vontade, pois ser pequeno ou ser grande o tempo todo é mesmo muito chato.Nesta obra, a autora Ana Maria Machado mostra ao leitor a importância da imaginação, combinando uma história divertida com um criativo trabalho com a linguagem.

Procura-se Lobo - Ana Maria Machado


Resenha: Manuel Lobo tem uma missão importante: alertar o mundo sobre o risco de extinção dos lobos das florestas, dos desertos... Mas um anúncio malfeito atraiu uma série de lobos intrometidos tentando desviar o rumo da história. Alguns são lobos maus, assustadores de crianças, mas há também os espertalhões e outros bem bobos. E até uns lobos bonzinhos. Felizmente, Manuel Lobo conhece essa turma toda... Ana Maria Machado é uma das nossas maiores autoras infanto-juvenis. Recebeu, entre vários prêmios, o Hans Christian Andersen, conferido aos melhores do mundo na área de literatura para crianças. Em 2003, foi eleita para a Academia Brasileira de Letras.

Histórias à Brasileira - Vol.1 - Ana Maria Machado


Resenha: Este é o primeiro volume de uma série de histórias "à brasileira" que Ana Maria Machado vai reunir em livro. Para recontar essas narrativas da cultura oral e do folclore brasileiro e universal, a escritora leu obras de estudiosos da cultura popular e pesquisou coletâneas de contos de tradições variadas.O resultado é uma combinação do trabalho de pesquisa e de memória da autora. Não se sabe ao certo quem inventou as narrativas do livro: as pessoas as contam porque ouviram alguém contar para elas. No caso de Ana Maria Machado, quem contava algumas das histórias do livro era a avó da escritora. E a avó da Ana Maria, por sua vez, tinha ouvido as mesmas histórias da avó dela.

Dona Baratinha - Ana Maria Machado


Resenha: Dona Baratinha achou uma moeda e pensou que, estando rica, poderia se casar. Então, se arrumou e foi para a janela procurar um noivo. Muitos candidatos apareceram: o boi, o gato, o cachorro, mas o ratinho foi o escolhido. A noiva chegou na igreja, mas o ratinho não apareceu. Ela acabou desistindo do casamento. O noivo? De tão guloso, tinha caído na panela de feijão. Dona Baratinha resolveu pegar o dinheiro e se divertir.

Bisa Bia, Bisa Bel - Ana Maria Machado


Resenha: Pela autora -"Quando escrevi Bisa Bia, Bisa Bel só estava com muita saudade de minhas avós. Vontade de falar sobre elas com meus dois filhos. Não imaginava que poucos depois ia ter uma filha e essa linhagem feminina ainda ia ficar mais significativa para mim e que este livro fosse ganhar tantos prêmios e tocar tanto os leitores...." E esta é a história de uma menina e de sua avó e a descoberta de muitas coisas.