PESQUISE NA WEB

domingo, 17 de janeiro de 2010

Loló Barnabé - Col. O Avesso da Gente - Eva Furnari



Sinopse: Nesta história vocês vão ver que Lolo Barnabé era um sujeito inteligente e criativo. Ele nasceu há muito tempo, no tempo das cavernas. E caverna, vocês sabem, é um lugar úmido e escuro. A família do Barnabé, com razão, queria um lugar melhorzinho para morar, com mais conforto. Afinal, vocês vão concordar comigo: conforto é bom demais. Só que, nessa busca, algo saiu errado. Você é capaz de entender o que foi que aconteceu?

Assim Assado - Col. Girassol - Eva Furnari



Sinopse: Bichos muito marotos e engraçados acabam se metendo em deliciosas encrencas! Ilustrações alegres e um inteligente jogo de palavras introduzem a criança no mundo da leitura.

A Bruxinha Atrapalhada - Col. Só Imagem - Eva Furnari


Sinopse: Este livro apresenta uma das personagens mais cativantes da literatura infantil, a Bruxinha. Com uma linguagem própria – sem a utilização de palavras, só imagens – a autora cria uma bruxinha realmente atrapalhada, que pode realizar seus desejos com a ajuda de uma varinha mágica, sofrendo as mais inusitadas e engraçadas conseqüências. Dez historinhas formam o livro. Em algumas a bruxinha alcança um final feliz, em outras, não é tão feliz em suas mágicas. As imagens permitem ao leitor criar seus próprios diálogos, imaginando a história à sua maneira. Uma excelente pedida para crianças em estágio de alfabetização. Esta obra recebeu diversos prêmios e participa de programas de bibliotecas públicas em vários países.

O Amigo da Bruxinha - Col. Girassol - Eva Furnari



Sinopse: Eva Furnari, com suas personagens tão amadas pelas crianças e adultos, presenteia-nos com uma série de historietas, todas sem palavras. São quadrinhos que divertem o leitor, mostrando pela expressão das personagens toda uma gama de sentimentos e sensações e surpreendendo pelas saídas inesperadas - inesperadas até mesmo, às vezes, para os próprios protagonistas ­ pelas situações inusitadas que criam. A bruxinha às vezes erra ou se engana; o gato, seu amigo, também pode usar a varinha mágica; isso desmistifica um pouco o tradicional poder mágico infalível e ao mesmo tempo parece sugerir que o poder de inventar, de criar, está nas mãos de seres comuns; aliás, não é isso que gostaríamos de fazer entender aos nossos alunos? As crianças em fase de alfabetização gostarão de ler os textos e também de reproduzi-los em palavras, mesmo que ainda não escrevam sozinhas.